Detran novo ban
Música

Quem é a cantora mossoroense que dividiu o palco com Safadão?

Como a artista conseguiu fazer um dueto com um dos principais nomes do forró em pleno palco do MCJ?

Por William Robson

Como milhares que estavam nesta quinta-feira (9) na Estação das Artes, Analu Freitas foi prestigiar a abertura do ciclo de shows do Mossoró Cidade Junina. Estava à espera da atração principal, o cantor Wesley Safadão. O show foi o último do line up do dia, mas ela não esperava que aquela apresentação seria para lá de inesquecível.

A agenda de Analu para este mês

Analu tem 20 anos e já contava os minutos para o início do show. Wesley Safadão sobe ao palco para delírio de todos que estavam ali. Ela tinha algo em comum com o artista. Também é cantora e se apresenta nas noites mossoroenses (veja  box ao lado), tendo o forró como carro-chefe e, mais ainda, uma das músicas do Safadão integra o repertório.

O show seguia pelo início da madrugada, quando Analu decidiu ousar. Como é cantora, não hesitou em enviar um bilhete, via a tela do celular para que Wesley pudesse ler. Dizia que também cantava e que queria dividir o palco com ele. Pedido prontamente atendido.

“Não tive qualquer contato prévio com ele antes disso. Foi tudo improvisado. Eu coloquei um bilhete no meu celular escrito “Me chama pra cantar com você, meu nome é Analu” e tentei a sorte. Graças a Deus, ele leu o bilhete e me chamou pra subir”, disse, em entrevista ao blog. É aí que começa um dos momentos mais importantes da história artística desta mossoroense.

Na verdade, não foi um tiro a esmo. Analu tem admiração pelo trabalho de Wesley Safadão. “Acompanho o trabalho dele, sim! Ele é uma referência nacional do nosso forró e eu sempre o escutei, cantei… Inclusive, tenho algumas músicas dele no meu repertório”, adianta. Uma delas, “Só para Castigar” faz parte do set list da Analu. Foi esta a música escolhida para o dueto com o Safadão (“Quer me fazer ciúmes de graça, é/Eu não sou de retrucar/Mas eu vou descontar/Naquilo que você mais gosta”).

Veja o vídeo:

E a experiência? “Foi Maravilhosa!! Indescritível! Aquele mar de gente, todos alegres, festejando, energia boa…Foi a realização de um sonho cantar com ele e no palco do nosso Mossoró Cidade Junina”, conta Analu, que se apresenta no dia 15, no Palco 2 da Cidadela.

Analu não se intimidou com o mar de gente. Sempre esteve envolvida com música e com o público. Seu primeiro contato musical foi em atividades na escola. Participou de concursos de música, e desde 2019, atua profissionalmente. “Comecei só na voz e violão, mas hoje tenho minha banda, minha equipe que me ajuda a organizar tudo. Faço barzinhos, eventos privados, casamento, aniversário, formatura… tudo um pouco”, conta ela, que também cursa a faculdade de Música na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). “Serei uma cantora que também é professora de música”, adianta.

É, ao que parece, há muitos outros sonhos a serem realizados na carreira desta artistacom muitos outras surpresas que surgirão no palco.